Pq 24? Pq!?

originalmente republicado em Varanda, em 20/12/2004.

Após mais um dia de cansaço corporal e mental (o que já se lhe tornara habitual), não se conteve e adormeceu antes de preparar o café da manhã seguinte, reler os e-mails ou mesmo desligar a TV. Freudianamente, sonhou que, sem maiores explikafkações, o dia passara a ter trinta horas. Seis horas a mais.

De imediato, sentiu a tranqüilidade. Mais sono, mais calma no trabalho, menos pressa no almoço. Voltar a despender alguns minutos ouvindo as músicas de que tanto gosta, lendo as letras e estudando os discos. Ah, ler livros com figuras.

Foi nesse momento que, com os raios da maldita alvorada doendo em seus olhos, acordou. Parecendo-lhe que dormira tão pouco, sentia-se ainda cansado. Olho no relógio e ao mesmo tempo em que, triste, notou que os dias continuavam tendo 24 horas, percebeu que aquele específico já começara mal: estava atrasado.

4 pensamentos sobre “Pq 24? Pq!?

  1. Pingback: Paulo Rená da Silva Santarém (prenass) 's status on Tuesday, 25-Aug-09 18:18:56 UTC - Identi.ca

  2. Eu estou na campanha, não no comando…

    Se dependesse de mim, até a semana seria diferente, como já te disse. Ainda posto sobre isso =)

  3. AS trinta horas servirão para eu corrigir as coisas que escrevo (como fiz agora :P).
    Quando começar a minha pós, vou querer mais quatro horas, pode ser?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s