Heavy is the head that wears the crown

originalmente publicado em Sacada, em 03/07/2004

Aqueça-se com o maldito manto que matou nossa relação
Majestade da solidão, eu apenas tenho pena do seu coração

Não volto a completar-lhe o par, não que eu guarde rancor
Mas seu querer mandar só me fez não querer esse amor

Mirando moinhos de ciúme, guerreava contra suas miragens
Esquartejou o que houve de bom, restou um reino selvagem

Masmorra, bola, ordens, gritos, coleiras e telefonemas
E a mim, que sonhara estar junto a ti, só me restou fugir

Realeza da tristeza, que o cetro e trono lhe façam bem
Que a coroa não lhe pese agora que está sem ninguém

Não restaram súditos no castelo da opressão
Não se iluda, desta vez não haverá um perdão

2 pensamentos sobre “Heavy is the head that wears the crown

  1. Não apenas a música, eu adoro o clipe de Rearrenged. Bons tempos em que o Limp Bizkit era criativo (e existia né, acho que nem existe mais).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s