Reforma

Poema meu, originalmente publicado em Sacada, em 07/11/2004

Perfume de flores com o cheiro de sua pele
Que me enebriasse e me deixasse bem leve
Luz de estrelas reluzentes como seu sorriso
Que me guiasse e me proporcionasse alívio

Brilho de lagos profundos como o seu olhar
Que me seduzisse e me fizesse parar
Maciez de frutas deliciosas como sua boca
Que me deliciasse e me desse força

Calor do sol tão quente quanto o seu corpo
Que me aquecesse ao ponto de flutuar
Fluxo de águas tão lindo quanto seu cabelo
Que me permitisse me deixar levar

Para refrescar um pouco a minha memória
E afastasse de mim de vez essa saudade
E para que as lembranças que tenho dela
Novamente se pudessem tornar realidade

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s