Ninja: os anos 90 não morreram!

Para promover os shows do Nine Inch Nails pela América do Norte, Trent Reznor pôs no ar o site da turnê NIN/JA 2009, com datas, fotos, vídeos e, claro, música. Para quem quiser ser mais ativo, há ainda a opção de remixar duas faixas do Jane’s Addiction e do Street Sweeper, bandas parceiras nessa série de shows.

ninja-backE, como já é habitual na saudável e inteligente relação de Reznor com seus fãs, foi disponibilizado em vários formatos e totalmente livre de direitos autorais (DRM-Free) um EP com seis canções exclusivas e inéditas.  O NIN vem com o rock dançante e energético Not So Pretty Now e a pesadona e melancólica Non-Entity. O JA, prestes a comemorar um ano desde a reunião,  mostra um inusitado batuque em Chip Away e soa bastante grunge com o vocal rasgado de Perry Farrel em Whores. Por fim, o SS, ainda sem um álbum inteiro, traz a guitarra característica de Tom Morello em Clap For The Killers e The Oath.

Na semana da ressaca dos shows do Radiohead no Brasil, essa notícia mostra que os anos 90 continuam vivos e fazendo rock!

Um pensamento sobre “Ninja: os anos 90 não morreram!

  1. Se essa for a tendência das grandes (e boas) bandas, estamos feitos. Não só pelo lado prático da coisa, mas principalmente para a conscientização de certas associações que não querem nem saber de liberdade de expressão.

    Aliás, post super bem escrito, viu.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s