A todos os designers gráficos

Homenagem ao dia do designer, originalmente publicada em Rascunho, em 04/04/ 2005

Olhando em sua volta, fez uma contagem dentre os conhecidos que exerciam aquela profissão e notou que a situação era recorrente. Impressionou-se quando percebeu que ele, de fora, incomodava-se muito mais do que as pessoas imersas naquela escravidão moderna travestida de emprego.

Seu olhos só enxergavam uma coisa: talento sendo menosprezado por uma visão míope da exploração da força de trabalho pelo capital, que acabava gerando menos lucro a custa de cada vez mais esforço. Irracional e inconscientemente, esboços, lápis, borrachas, pincéis, pranchetas, mouses, tintas, cores e formas tornavam-se grilhões para pessoas que, para ele, deveriam mais era ser tomadas por artistas dos novos tempos (com direito a matéria superficial no jornal noturno dominical da grande rede de televisão e tudo o mais).

Outros, também de fora, apenas lhe aconselharam a “relaxar”, “afinal é daquele jeito mesmo, e eles até gostam, dá status“.

Ele não se conformava. Só conseguiu concluir que não havia nada como um prazo e o carimbo empregatício de “obrigação” pra transformar uma manifestação artística num trabalho diariamente sufocante.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s