Relato da reunião com FHC

Logo do Observador PolíticoNo dia cinco de maio de 2011 foi realizada uma reunião no Instituto FHC, em São Paulo (SP), sobre o projeto Observador Político. Houve quatro grandes momentos: apresentação da reunião, apresentação do projeto, apresentação das pessoas presentes e, por fim, um conversa sobre o projeto. Foi uma experiência bastante empolgante para mim e que compartilho para além das pessoas que ali estavam.

Na primeira parte da reunião, Pedro Abramovay recebeu as pessoas convidadas no auditório e contextualizou o momento, explicou o motivo da própria reunião e o que estava planejado para aquela tarde. Informou os motivos pelos quais ele, filiado ao Partido dos Trabalhadores, apoiador e ex-participante do governo Dilma, está envolvido em um projeto proposto por um célebre integrante do PSDB. Falou da ideia do projeto, seus objetivos e pressupostos. Expôs as condições do convite feito àquelas pessoas que pesquisam a cultura digital e por meio dela exercem um ativismo.

Na segunda parte, o jornalista Ubiratan, evidenciando-se na figura de condutor do projeto, explorou verbalmente a concepção do projeto, indicando os objetivos do Observador Político e os mecanismos pensados para viabilizá-los. Em seguida, Ubiratan nos apresentou a atual interface do site, ressaltando que se tratava de um formato provisório em muitos aspectos e apontando quais elementos se destinavam à realizar o ideal do projeto.

Na terceira parte, já com a presença de FHC, cada participante (Gabriel Azevedo, eu, Gabriela Augutini, Daniela Silva, Guilherme Varella, Carlos Affonso, Juliana Nolasco, Pablo Cerdeira, João Falcão, Pedro Markun, Rodrigo Savazoni, Pablo Ortellado e Fábio Maleronca) se apresentou, qualificando sua atuação social de acordo com o que entendeu ser interessante para a colaboração no projeto. A ordem seguiu a posição em que as pessoas estavam sentadas. Ao final, o próprio FHC se posicionou na temática, discorrendo sobre seu histórico como sociólogo e seu interesse na cultura digital. Em suas próprias palavras, o ex-presidente se classificou como recém interessado e pouco conhecedor, mas se mostrou um surpreendente entusiasta do potencial político das ferramentas de interação virtual. Várias frases de impacto foram proferidas nesse momento, incluindo a notícia de que no início de sua vida acadêmica, na França, o espanhol Manuel Castells teve contato bastante próximo com o então professor Fernando Henrique Cardoso.

Na quarta parte, abriu-se uma conversa franca sobre o projeto, suas possibilidades e planos para um futuro de curto prazo. Ao final, detalhes para um evento de lançamento do site do Observador Político foram propostos e um grupo de participantes se responsabilizou por tentar obter um novo grupo de apoio para o projeto, que sirva para deixar mais clara a intenção realmente pública do projeto.

Durante a reunião eu ainda registrei em texto alguns momentos usando o serviço identi.ca (com reprodução automática no twitter e no Facebook).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s