Da dobradura dos sinos

Nenhum homem é uma ilha, inteira de si mesma; cada homem é um pedaço do continente, uma parte do principal; se um torrão é levado embora pelo mar, a Europa é diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse a mansão dos teus amigos ou a tua própria; a morte de qualquer homem me […]

Leia mais Da dobradura dos sinos

Em busca da toca do coelho

originalmente publicado em Rascunho, em 18/09/2004 Dona Alice sentia-se tão orgulhosa da filha adolescente, que por nove longos meses carregara; por cujo choro tantas vezes acordara de madrugada; por quem tanto rira ao som das primeiras palavras, do primeiro sorriso, o primeiro “mamãe”; esse lindo ser que outrora habitara um quarto cor de rosa, e que hoje tinha lá […]

Leia mais Em busca da toca do coelho

Sujeito e objeto

Segue um trecho de um livro que eu comprei há duas semanas, mas do qual já tinha notícia havia alguns anos. Eu sabia que ele se tornaria alvo de minha obsessão, então posterguei ao máximo. Fui vencido. Um pequeno aviso: o original não tem parágrafos.  Nem hiperligações. Quer dizer, tem outro tipo de hiperligações, anteriores […]

Leia mais Sujeito e objeto

A nadar – Dois – Pássaros

Trecho de artigo em produção para a disciplina Linguagem e Argumentação Jurídica, do curso de Pós-Graduação em Direito, Estado e Constituição na Faculdade de Direito na Universidade de Brasília (…) Essa reflexividade extrema, da autocrítica, tem ricos exemplos em outras formas de comunicação, não apenas nas ciências, que enfrentam a dificuldade contemporânea de se assumir […]

Leia mais A nadar – Dois – Pássaros